Analista de Sistemas

A profissão de analista de sistemas possui curso próprio de graduação, a Análise de Sistemas, no entanto o cientista da computação também pode atuar nessa área, pois grande parte dos conhecimentos necessários são aprendidos no curso de Ciência da Computação.

 

A análise de sistema tem como foco encontrar o melhor caminho para que a informação possa ser processada, avaliando os equipamentos utilizados (hardware), programas (softwares) e o usuário final. 

 

Verifica, por exemplo, quais as máquinas utilizadas para armazenamento, quais programas serão utilizados para sua gestão e como ocorrerá o acesso desses dados.

 

Ou seja, o analista de sistemas é o profissional encarregado de sistematizar informações e encontrar a melhor e mais racional forma de processá-las.

 

A profissão é demandada por empresas e órgãos que buscam a integração de seus sistemas de informação (por exemplo, possibilitar que em uma empresa as informações referentes ao setor comercial e ao setor financeiro possam ser acessadas no mesmo software).

 

Este profissional também é responsável por fazer um levantamento das necessidades específicas do cliente, e desenvolver um programa específico, com base nas informações colhidas. 

 

Dentro das organizações, é comum ter dois profissionais da área de análise de sistemas com focos distintos. 

 

Há o analista de sistemas mais técnico, que tem foco em desenvolvimento do produto, programação e busca de novas linguagens.

 

E há o analista de campo, que deve conhecer de negócios, e ter bons conhecimentos de modelagem, ele atua como a ponte entre o cliente e o programador.   

 

O profissional que decide seguir essa área pode realizar atividades como:

 

-Criação de produtos e serviços computacionais (sistemas e programas).

-Administração de projetos (projetos de programas, banco de dados e coisas afins).

-Prestar suporte aos usuários.  

-Gerenciamento do fluxo de informações geradas e espalhadas pelas redes de computadores.

-Identificação dos requisitos, quais os requisitos para que um sistema possa ser implementado por um empresa.

-Análise de projetos do sistema, implantação e acompanhamento dos sistemas pedidos pelos usuários.

 

O mercado de trabalho para analistas de sistemas é promissor, além de atuar em empresas de T.I desenvolvendo sistemas, o analista pode trabalhar em empresas que não são diretamente ligadas a área de T.I, muitas empresas possuem departamentos voltados a gestão de informações e suporte.

 

Apesar de ser um profissional muito procurado, as exigências para ter uma boa colocação no mercado são altas, é importante fluência em  inglês, conhecimento sobre gerenciamento de projetos e processos, e certificações. A mais utilizada na área é a certificação em UML (Unified Modeling Language). 

Veja também sobre a profissão de administrador de redes.