Áreas de Atuação em Relações Internacionais

 Segue abaixo as principais áreas de atuação, áreas de pesquisa e assuntos abordados pelos internacionalistas. 

Segurança Nacional

A segurança nacional trata das medidas tomadas por governantes e organizações internacionais  a fim de garantir a segurança do país. 

 

Essas medidas podem incluir ações militares, acordos diplomáticos, medidas antiterrorismo e outros.

 

O objetivo é detectar ameaças a segurança nacional e previni-las. Essas ameaças podem surgir de diversas formas, podem vir de terroristas, de conflitos econômicos, religiosos, e muitos outros.

 

Se você tem interesse em trabalhar com esse assunto, além da área acadêmica, agências de inteligência, ministérios, diplomatas, a ONU e diversos outros órgãos internacionais lidam com esses assuntos. 

 

 

História

 

Estudar o que já aconteceu é muito importante para ter um bom entendimento dos aspectos sociais e econômicos do ambiente internacional da atualidade.

 

É comum internacionalistas se especializarem por áreas geográficas, como história da América Latina e Oriente Médio. 

 

Quem escolhe essa área, é capaz, de fazer análises sobre como os acontecimentos passados interferem na nossa sociedade atualmente.

 

É uma área importante para qualquer que seja seu ramo de atuação, diplomatas, analistas internacionais, todos precisam ter um conhecimento profundo de história. 

 

Mas quem se interessa em trabalhar diretamente com isso, está bastante restrito a trabalhar na área acadêmica.

 

 

Comércio Exterior

 

O comércio exterior estuda técnicas de compra e venda de produtos, entre empresas de diferentes países.

 

Também estudam como os eventos políticos e econômicos internacionais impactam nas negociações com clientes e fornecedores, identificando oportunidades e elaborando estratégias.

 

O profissional que escolhe essa área pode atuar tanto no setor público como no privado. Trabalha principalmente em empresas exportadoras e importadoras e em agências e órgãos governamentais. 

 

 

Diplomacia

 

A diplomacia faz parte da política externa. O diplomata é o profissional responsável por representar o país internacionalmente em questões que envolvam outros países ou organismos internacionais.

 

Esse profissional tem como função procurar soluções para conflitos envolvendo os interesses brasileiros, negociando acordos, promovendo a cultura do Brasil no exterior e outras atividades, ele é o condutor da política externa para quaisquer assuntos.

Como o próprio nome diz, o diplomata necessita de muita diplomacia, pois é preciso lidar com possíveis conflitos e pessoas de culturas diferentes. 

 

É um ambiente que envolve muita negociação e construção de relacionamentos, não é uma profissão que se obtém resultados rápidos e exige muita paciência.

 

 

Marketing Internacional

 

Marketing internacional é o marketing direcionado para outros países. Essa área procura maneiras de como fazer marketing levando em consideração os aspectos culturais, políticos e econômicos do país em questão.

 

Não é muito comum estudar esse assunto na faculdade, mas é um campo que tem bastante espaço para internacionalistas. 

A prática do marketing internacional costuma ser mais complexa e incerta que a do marketing doméstico. O profissional que trabalha nesse ramo cuidará de adaptar produtos e a promoção para o mercado externo.

 

E muitas vezes pode tomar decisões como: qual o melhor mercado para entrar? E qual a melhor maneira para entrar nesse mercado?  

 

Essa é uma área bastante específica e que não é exclusiva dos internacionalistas, profissionais da administração, publicidade e áreas afins, também trabalham com isso.

 

Infelizmente, estágio na área de marketing internacional não é muito comum.

E eles estão concentrados em grandes empresas e grandes cidades, da mesma maneira que as vagas de emprego para essa área.

Uma maneira de entrar nesse mercado, além do estágio em marketing internacional, é procurar trabalhar com estudos de mercado, marketing, e outras atividades relacionadas. 

Essa atividade é mais comum em multinacionais. E na maioria das vezes, para trabalhar em uma multinacional, é preciso passar por um processo de trainee.

 

Direito Internacional

 

O direito internacional refere-se as normas e as regras que regulam as relações externas.

 

Dentro de um país, a sociedade segue as regras impostas pelo seu governo, internacionalmente não há uma autoridade como o governo, por isso, é preciso que haja um sistema jurídico que regule as relações entre países.

 

O internacionalista que for trabalhar em organizações e órgãos internacionais, ou com comércio internacional precisa ter conhecimento em direito internacional e da legislação internacional.

 

Também há empresas de consultoria especializadas em direito internacional.

 

As principais organizações  do direito internacional são:

 

O tribunal de Haia e a Corte Penal Internacional. O tribunal de Haia tem como função resolver conflitos jurídicos entre estados. A Corte Penal Internacional julga indivíduos que cometeram crimes como genocídios e crimes de guerra.