Compositor

O compositor é o músico que cria músicas, mas não necessariamente as interpreta. 

Para seguir essa profissão, é preciso saber escrever músicas, mas não é necessário ser formado em música, nem nada em específico.

Apesar disso, fazer faculdade de música pode ajudar muito o compositor na sua carreira. Essa profissão se beneficia bastante de contatos, e a faculdade é um ótimo lugar para isso.

Se você puder fazer faculdade e escolher onde estudar, procure por lugares com boa reputação, e que estejam localizados em grandes centros, de preferência.

 

Uma dica é entrar no site das faculdades que te interessam e olhar quem são os professores que lecionam lá, e o seus currículos.

Além da faculdade, é importante que na sua vida profissional, tenha e mantenha relacionamentos com outros músicos, produtores, editoras musicais etc.

Muitos compositores que conseguiram trabalhar com determinado artista, ou que conseguiram participar da trilha sonora de um filme, foi por intermédio de alguém.

Uma outra maneira de um compositor se tornar conhecido, é procurar dar visibilidade a suas músicas (principalmente se sua intenção é escrever para outros cantores). Se você sabe cantar e tocar pode publicar suas músicas no youtube, por exemplo.

 

Como um compositor pode ganhar dinheiro?

O compositor pode trabalhar de diversas maneiras, vendendo músicas para outros cantores, criando músicas para propagandas e muitas outras situações, que falaremos mais adiante.

Também pode trabalhar com diversos contratos diferentes, e receber por seu trabalho de diversas formas, algumas mais vantajosas e outras menos.

Mas antes de começar nesse mercado é preciso conhecer um pouco da burocracia dessa profissão.

É importante ter sua carteira de compositor, registrar suas músicas, e ter contato com órgãos reguladores como o ECAD.

 

Você consegue informações sobre como fazer sua carteira de compositor no site musicasregistradas.com

O ECAD é um órgão que faz a fiscalização dos direitos autorais, quando você registra suas músicas, ele fiscaliza para que você receba por elas, toda vez que tocar em uma propaganda, em uma novela, ou em qualquer outro lugar, você receberá por isso.

Além disso, o ECAD presta assistência para que o compositor entenda como funciona a legislação, a divulgação, maneiras de ganhar dinheiro etc.

Outra grande dica para os compositores é disponibilizar suas músicas em uma distribuidora digital, abaixo estão os sites de distribuidoras: 

 

onerpm.com 

tunecore.com

cdbaby.com

tratore.com.br

 

Você grava suas músicas (em estúdio), registra e manda para a distribuidora digital.

As músicas que você manda para a distribuidora ficam disponíveis no Itunes, Deezer, Spotfy etc. Tanto no mercado nacional e internacional, depende do tipo de pacote que vai contratar.

 

Alguns pacotes podem, inclusive, fazer divulgação na rádio. Para ter informações detalhadas acesse o site das distribuidoras.

Além de disponibilizar suas músicas em uma distribuidora digital, é possível vendê-las para uma gravadora ou um artista. Esse tipo de negociação pode ser ainda mais benéfica para o compositor, pois suas músicas podem ter mais visibilidade ainda.

 

Nesse caso, o compositor precisa assinar um contrato para a venda de suas músicas, o contrato pode ser de diversos tipos.

 

Há contratos em que o compositor mantém 100% dos direitos autorais, em outros ele recebe pela música e abre mão dos direitos autorais, e há ainda, contratos que mantem uma porcentagem dos seus direitos como publicador.

É importante conhecer bem qual tipo de contrato está assinando e se ele é vantajoso para você.

Além de ser interpretada por outros artistas, a música é usada em muitas situações, em filmes, novelas, peças de teatro, em jingles e vídeo games. Todos esses são mercados diferentes, e funcionam de maneiras diferentes.

 

 

Compositor de músicas para outros artistas

Esse compositor escreve músicas para que outros artistas cantem. Se você está interessado que outro cantor cante suas músicas, é importante  correr atrás de cantores, produtores e até gravadoras que trabalhem com o estilo de música que você se interessa.

A maneira mais antiga e tradicional é entregando suas músicas em mãos, tentar falar com o artista em shows, ou com o empresário dele.

 

Pode também enviar um e-mail com suas músicas para o cantor ou para a gravadora dele, ou ainda tentar falar com a equipe do cantor através das redes sociais.

 

Criação de jingles

Um jingle é uma música curta que passa uma mensagem publicitária. É uma ferramenta de propaganda muito poderosa, funciona como um bordão, que gruda na cabeça das pessoas.

A criação de jingles é uma das áreas que mais dão dinheiro para o músico, e há, lugares especializados que trabalham com isso, normalmente são produtoras de audiovisual.

O cliente chega na produtora, fala sobre o seu negócio, e é criado um jingle para ele.

 

Além de empresas, a criação de jingles é algo muito comum em propagandas políticas.

Se você deseja trabalhar nessa área, o ideal é que entre em contato com produtoras de audiovisual que trabalham com publicidade, procure vagas de emprego ou estágio nesse ramo. E procure criar jingles por conta própria.

Abrir um negócio nessa área também pode ser muito vantajoso, um jingle custa caro, pode chegar a mais de 25.000 reais, e o material necessário para fazer a gravação está bem mais barato hoje em dia do que antigamente.

 

Trilhas sonoras

O compositor também trabalha com trilhas sonoras, seja para o cinema, para a televisão, teatro e vídeo games.

Compor uma música para um filme, é bastante diferente do que compor uma música normal. É preciso levar em consideração, o que acontece no filme, a emoção que quer passar, entre outras coisas.

Esse mercado também é bastante específico e a melhor maneira de conseguir entrara é através de contatos, pois dificilmente alguém vai anunciar que precisa de um compositor.

Então, se tiver oportunidade, procure um emprego em uma produtora que trabalha com trilhas sonoras, e conheça pessoas que trabalham nesse ramo.

Uma dica para entrar no mercado, além dos contatos, é ir atrás de produtores de filmes e mostrar suas músicas a eles, principalmente se for filmes independentes, que não tem muita visibilidade, você terá melhores chances.

A mesma lógica é válida para novelas, peças de teatro e vídeo games. 

O mercado de games merece atenção especial, ele é bastante promissor e está em constante expansão no mundo, e também no Brasil.

Existe, inclusive, um concurso para compositores de trilhas para games, promovido pela game music brasil, para mais informações acesse o site deles aqui.

Aqui no Brasil, os compositores de trilhas de games costumam fazer todo o trabalho referente a sonorização, diferente das produtoras internacionais.

Veja também quais são os melhores cursos de música do mundo.