Qual curso fazer para ser arqueólogo?

 

 

Para se tornar um arqueólogo, há duas opções de formação acadêmica:

Você faz faculdade de arqueologia, ou faz outro curso e depois se especializa em arqueologia.

 

O curso de arqueologia

 

Se você tem a pretensão de ser arqueólogo, o curso de arqueologia é altamente recomendado.

 

Com a graduação em arqueologia, já é possível trabalhar em empresas de consultoria e em museus.

 

O curso tem duração média de 4 anos e possui muitas aulas práticas em sítios arqueológicos, onde o aluno aprende a fazer escavações e demais atividades de campo.

 

Dentre as matérias estudadas estão antropologia, gestão de patrimônio cultural, história antiga, topografia, pré história, filosofia, estatística e muitas outras.

 

Para saber todas as matérias que são ofertadas no curso de arqueologia, você pode verificar a grade do curso no site da faculdade que quer cursar.

O curso de arqueologia ainda é muito recente no Brasil, começou a ser ofertado a partir dos anos 2000, são pouquíssimas faculdades que ofertam esse curso no nosso país, até o momento somente 11, elas são:

 

UFPE  (Recife, PE)

PUC GO  (Goiânia - GO)

UFS  (Laranjeiras, SE)

UFRG (Rio Grande, RS)

UFPI (Teresina, PI)

UFOPA (Santarém, PA)

UERJ (Rio de Janeiro, RJ)

UEA (Manaus, AM)

UNEB (Paulo Afonso, BA)

Unimes (Santos, SP)

UNIR (Porto Velho, RO)

 

Além do curso de arqueologia, há o curso de antropologia com habilitação em arqueologia, que é ofertado pela UFMG (Belo Horizonte – MG) e UFPEL (Pelotas – RS). 

 

Fazer outra faculdade e depois especialização em arqueologia

 

Se você não tem condição de fazer faculdade de arqueologia, é possível  fazer outra faculdade e depois mestrado e/ou doutorado em arqueologia.  

 

Para fazer mestrado, não precisa ter feito nenhum curso de graduação específico, os mais recomendados para quem quer ser arqueólogo são: Ciências Sociais, Biologia, Geografia e Antropologia.

Para entrar no mestrado em arqueologia, é preciso fazer uma prova para verificar se possui conhecimentos suficientes, além disso, é preciso que tenha um projeto de pesquisa pronto para apresentar para a universidade.

 

Se você não fez faculdade de arqueologia é importante ir estudando sobre arqueologia durante o período da faculdade (no edital do mestrado, eles costumam divulgar a bibliografia recomendada), e ir se familiarizando com as linhas de pesquisa. 

 

Você pode também, ler trabalhos científicos a respeito de arqueologia, que são publicados em revistas científicas, muitas delas estão disponíveis na internet, como a revista da SAB.

 

É comum pedirem proficiência em inglês em provas de mestrado. E no doutorado costumam exigir proficiência em outra língua além do inglês (francês, italiano ou espanhol).

A inscrição é feita na instituição que pretende fazer mestrado, normalmente no final do ano. As instituições que ofertam mestrado em arqueologia são:

 

USP (São Paulo, SP)

UFS (Laranjeiras, SE)

UFRJ (Rio de Janeiro, RJ)

UFPI em Teresina (PI)

UFPE (Recife, PE)

 

Que ofertam mestrado em antropologia com habilitação em arqueologia:

UFMG (Belo Horizonte, MG)

UFPA (Belém, PA)

UFPEL, (Pelotas, RS)

Saiba mais sobre a profissão de arqueólogo.