Apesar de muitas pessoas não saberem muito bem o que faz o designer gráfico, o trabalho desse profissional está muito presente em nossa vida.

 

Está nos sites que você visita, nos flyers de propaganda que você recebe na rua, em muitos vídeos que você assiste no youtube, e até mesmo nas estampas das suas camisetas.

 

O designer gráfico é o profissional que trabalha com a parte visual de um projeto. Sua função é passar uma mensagem ou ideia através de imagens. E isso pode ser feito de diversas maneiras.

Um designer pode criar logotipos para marcas, fazer o layout de sites, cartões de visitas e até mesmo fazer o design de embalagens para produtos (vamos falar mais sobre as atividades desse profissional adiante).

Portanto, apesar de parecer uma profissão bastante específica, o designer tem um campo de atuação muito grande, e pode escolher determinada área de seu trabalho para atuar, como animação, ilustração, impressão etc.

O trabalho do designer é criar coisas, e muitas vezes resolver problemas. No seu dia a dia, é comum que trabalhe sozinho, principalmente se escolher trabalhar como freelancer.

 

Mas é um trabalho bastante dinâmico e criativo, que proporciona uma grande liberdade, os horários costumam ser flexíveis e você escolhe seu processo de trabalho.

Uma outra vantagem dessa profissão, é que é possível mostrar um pouco dos seus gostos pessoais no seu trabalho.

 

Porém, a profissão de designer gráfico é diferente da de artista, os designs não são completamente do jeito que quer, é preciso atender as necessidades do cliente.

O que é preciso para se tornar um designer gráfico?

Se você deseja seguir essa profissão, a primeira coisa a fazer é adquirir conhecimento na área, você pode fazer faculdade de design, um curso técnico, ou um curso a distância.

Apesar de várias opções de cursos, para trabalhar como designer gráfico, não é necessário ter um diploma. Há muitos profissionais que não fizeram faculdade ou que são formados em áreas completamente diferentes, mas trabalham com design.

Se você está pensando em estudar design gráfico por conta própria, escolha uma área e consuma o máximo de material sobre essa área que puder, procure por blogs, vídeos no youtube e comunidade de designers (no final do texto colocamos muitos links de sites com dicas para quem quer se tornar designer).

Também observe o trabalho de outros designers e aprenda a mexer com programas de computador da área, como o Photoshop e o IIlustrator.

Mas se tiver condições, faça o curso sim!

 

Abaixo vamos falar sobre como é o curso de design gráfico.

 

A faculdade de design

O curso de graduação em design é bastante amplo, você não vai só aprender sobre design gráfico, mas sobre design no geral.

Durante esse curso, você aprende sobre desenho artístico, desenho vetorial, fundamentos da linguagem visual, sobre cores, imagens e símbolos, tipografia, estética, diagramação, entre outras coisas.

Também aprende sobre matérias que não são diretamente relacionadas a design, como português. E em algumas faculdades, como a ESPM e a Estácio, por exemplo, o aluno também aprende sobre finanças, empreendedorismo e o mercado de trabalho.

Mas o que é ofertado no curso pode variar, para saber exatamente entre no site das faculdades que te interessam e olhe a grade curricular do curso.

 

Precisa saber desenhar?

Esta é uma dúvida bastante comum, muita gente acha que só faz design quem já sabe desenhar muito bem.

 

Isso não é verdade, você pode entrar na faculdade sem saber desenhar. Durante o curso, vai aprender técnicas e passar muito mais tempo no computador do que fazendo qualquer outra coisa. 

Além da graduação, quem quer ser designer pode fazer um curso técnico em designer gráfico, que é mais específico e dura menos tempo (cerca de 2 anos, a graduação dura em média 4 anos).

 

 

Com o que pode trabalhar?

Como já foi dito anteriormente, o designer gráfico tem uma área de atuação muito grande, segue abaixo as principais.

Impressão

O designer que trabalha com impressão faz designs para materiais que serão impressos, como flyers, cartões de visita, adesivos, catálogos e até mesmo embalagens.

É interessante que esse designer tenha alguns conhecimentos sobre publicidade também, e saiba como criar um design que venda o produto.

 

Logotipos e Marcas

O designer que trabalha com logotipos e marcas, cria logos para marcas e trabalha com a identidade visual de uma empresa. Esse profissional tem como objetivo traduzir a personalidade de uma empresa, e criar um design com o objetivo de atrair o público alvo.

Esta área também está relacionada com impressão, pois a identidade visual da empresa está presente em todo tipo de material impresso, cartões de visita, marca d´água e até mesmo nas embalagens (se for o caso).

 

Digital

O meio digital é um dos lugares que mais oferecem oportunidades para designers. Ele pode criar o visual de sites, blogs e dos anúncios que vão aparecer nesses sites. Se estudar sobre programação pode criar sites inteiros e trabalhar também como webdesigner.

Podem também, fazer o design de aplicativos, o design de jogos, inclusive dos personagens, criar imagens publicitárias que são enviadas para os clientes por e-mail e imagens que são usadas em blogs e redes sociais.

 

Animação

O designer pode trabalhar com animação, seja em 2D, 3D, stop motion, e outros tipos. Normalmente são para fins comerciais, mas há designers que trabalham em estúdios de animação.  

Também trabalha com edição de vídeos.

 

Projetos de Sinalização

Outra atividade que pode ser feita por esses profissionais são projetos de sinalização de espaços.

 

Esses espaços podem ser um metrô, aeroporto, faculdade, empresa etc. A sinalização são placas para orientar as pessoas, essas placas devem corresponder a identidade visual da empresa ou instituição.

 

Diagramação de jornais e revistas

O designer gráfico também pode determinar o tamanho e o formato de um jornal ou uma revista, pode atuar em tudo que é relacionado a aparência, tamanho da página, margem, fonte, onde os anúncios vão ficar etc.

 

 

Além do que foi falado, o designer pode trabalhar com produtos, fazendo o design de embalagens, estampas de camisetas, móveis e várias outras coisas. Mas esse também é o trabalho de outros designers, como o designer de moda e de interiores.

E, para trabalhar com isso, é preciso entender também dos aspectos funcionais e utilitários dos produtos que está criando.

 

 

Onde esse profissional pode trabalhar?

Existem muitos lugares que demandam o trabalho do designer gráfico, abaixo fizemos uma lista dos principais.

 

Agências

O designer gráfico trabalha em agências relacionadas a identidade visual e Branding, e agências de publicidade no geral.

Setor Público

Não é muito comum encontrar designers gráficos trabalhando no setor público, mas de vez em quando surge um concurso ofertando vagas para esse profissional.

Esses concursos são de prefeituras ou de companhias estatais. As atividades realizadas pelos designers nessas instituições são bem tradicionais, vai criar banners e outras peças gráficas, fazer diagramação de publicações, entre outras coisas relacionadas.

 

Grandes Empresas

Algumas lugares preferem ter um designer trabalhando dentro da empresa do que contratar um através de uma agência.

 

Essas empresas podem ser de qualquer área, mas são principalmente empresas que usam muito o trabalho do designer para fazer catálogos e coisas do tipo, como supermercados e shoppings.

 

Produtoras de cinema, animação, games e redes de televisão

Nesses lugares, o designer pode trabalhar fazendo edições de vídeos e animações. No caso de uma produtora de games, o designer pode desenvolver todo o design do jogo, e até um jogo completo, se tiver conhecimento suficiente em informática para isso.

Empresas de webdesign

Nessas empresas o designer trabalha desenvolvendo o layout de sites e blogs.

 

Estúdios especializados em vídeos para o youtube

Nesses lugares, esse profissional trabalha principalmente com edição de vídeo.

 

O designer freelancer

Além de trabalhar para  um lugar específico, o designer gráfico pode trabalhar por conta própria, como freelancer.

Trabalhar como freelancer está cada vez mais popular e muitos conseguem uma remuneração maior do que os designers com emprego fixo.

Quem trabalha dessa maneira não tem patrão, trabalha nos horários que achar melhor, e pode escolher os trabalhos que quer fazer.

 

Também não precisa trabalhar em uma área só, pode realizar diferentes projetos.

O freelancer pode trabalhar de maneira completamente autônoma, indo atrás de seus próprios clientes (para isso é importante ter algum conhecimento do mercado).

Ou então, trabalhar através de plataformas para freelancers, que colocam profissionais e potenciais clientes em contato, segue abaixo links de alguns desses lugares.

 

Workana

99Freelas

Freelancer

 

 

Outros links

Colocamos abaixo links de sites que dão informações sobre design e outras coisas que achamos que podem ser úteis

 

Redes Sociais e comunidades para designers

Dribbble.com

Esse site é uma comunidade que serve para a exposição de conteúdo relacionado a design, você pode expor seu trabalho e achar muita inspiração aqui.

Colourlovers.com

Também funciona como uma comunidade, onde você pode criar sua própria paleta.

Behance.com

É um site de portfólio online, você pode postar as coisas que já fez e, inclusive, conseguir trabalhos com isso.

Cargo

É um site onde você pode criar sua página e publicar seu portfólio.

 

 

Notícias e Informações sobre Design

Designeculture

Designempauta

Designbrasil

Design

Minutodesign

Designersbrasileiros

Awwwards - também premia designers e outros artistas.

Abuzeedo

 

 

Outros sites para encontrar referências e inspiração

DeviantArt

É um site com um enorme banco de imagens que podem servir de inspiração. Você também pode publicar suas próprias imagens.

Design Inspiration

Outro site onde você pode encontrar e compartilhar designs.

Pinterest

Você provavelmente já ouviu falar dessa daqui. No Pinterest você pode publicar seus designs e imagens, e encontra muitas outras que podem servir de inspiração.

Designer Gráfico