Educação Física

A educação física é uma ciência que vai muito além da prática de esportes e daquilo que aprendemos no colégio.

 

O estudante de educação física aprende sobre práticas pedagógicas, desempenho esportivo, mudanças que ocorrem no corpo em resposta ao exercício, lazer e muitos outros assuntos.

 

Pode-se definir educação física como: Estudo da capacidade física e o movimento humano, com o objetivo de promover a saúde.

Apesar de ter o foco no físico, a educação física não trabalha somente o corpo, mas também a mente.

 

A prática de exercícios e esportes são capazes de ensinar disciplina, trabalho em grupo, a lidar com derrotas e vitórias, desenvolver capacidades físicas, afetivas e cognitivas.

O educador físico pode realizar diferentes atividades em vários lugares, como academias, ongs, escolas, times esportivos, clubes, entre outros. Também trabalha com pessoas diferentes, como crianças, idosos e atletas que estão em recuperação.

É uma profissão que exige muita responsabilidade, a prática incorreta de exercícios pode provocar lesões e danos permanentes, mas a prática correta, corrige doenças e melhora a qualidade de vida das pessoas.

Para ser um bom educador físico é importante ter paciência e ser bastante comunicativo, pois terá de lidar com muitas pessoas, e mesmo não sendo professor, seu trabalho, na maioria das vezes será relacionado a ensinar, ou explicar algo.

 

Como é o curso?

Muitos alunos prestam vestibular para educação física achando que irão passar a maior parte do tempo praticando esportes. Essa é uma visão muito errada sobre esse curso.

O curso de educação física tem uma carga horária bastante grande, com matérias bem diferenciadas.  

 

Durante o curso, haverá muitas matérias relacionadas a biologia, como anatomia, desenvolvimento motor, movimentos, reflexos, nutrição, primeiros socorros, forças internas e externas.

Também há matérias que não são diretamente relacionadas a educação física, mas importantes para que o aluno seja um bom profissional, como antropologia, psicologia, e até mesmo economia.

O aluno também aprende sobre técnicas para avaliar o desempenho físico, e quais efeitos e resultados são provocados por determinados exercícios.

 

Estuda também sobre metodologias recreativas como conceito de lazer e recreação.

 

E, é claro, também aprenderá sobre modalidades esportivas, futebol, handboll, atletismo, basquete, vôlei, natação e muitos outros esportes. Não só sobre a prática, mas questões táticas e de desempenho.

 

Esse curso normalmente é ofertado no período integral, nos cursos de licenciatura, é mais comum que haja a opção do período noturno. O curso tem duração de 4 anos, com estágio obrigatório e supervisionado por um professor.

Mas o estudante pode e deve fazer estágio além do obrigatório. Segue abaixo links de lugares que divulgam vagas de estágio:

ciee.org.br

portaldaindustria.com.br/iel

nube.com.br

estagionet.com.br

saee.com.br

 

 

Diferença entre Bacharel e Licenciatura

O curso de educação física é ofertado tanto na modalidade de bacharel como licenciatura.

O curso de licenciatura é voltado para quem deseja dar aula de educação física em escolas. Nesse curso o aluno irá estudar assuntos voltados à técnicas pedagógicas e fará o estágio em docência.

Já o curso de bacharel é voltado para o profissional que não quer dar aulas, que pretende trabalhar em academias, clubes, no setor público, etc.

 

Mas ao contrário da maioria dos cursos que oferecem essas duas modalidades, o bacharel não pode dar aulas em escolas, isso é exclusivo de quem faz licenciatura.

Mas tanto um quanto outro podem seguir carreira acadêmica e dar aulas em universidades.

Veja também onde o educador físico pode trabalhar.