Como escolher onde estudar?

A grande preocupação da maioria dos estudantes é conseguir entrar em uma faculdade, acreditando que depois disse as preocupações acabam, que no decorrer do curso, tudo que é necessário para se tornar um bom profissional e conseguir um bom emprego será oferecido.

 

Infelizmente isso não é verdade, as faculdades e universidades são muito diferentes uma das outras. Elas possuem programas de estágio, projetos e conteúdos programáticos diferentes.

 

É preciso levar em consideração diversos fatores para escolher um lugar para estudar, e cada um pode ter um peso maior dependendo do seu objetivo.

Curso:

A qualidade do curso pode variar conforme a faculdade. Existem faculdades que tem um curso de administração muito bom, mas pode ser que o curso de psicologia não seja tão bom quanto.

 

Há alguns indicadores que avaliam a qualidade do curso, segue abaixo:

 

RUF:

O RUF  é um ranking  da folha de São Paulo, nele você pode procurar por cursos ou por localidade.

ruf.folha.uol.com.br 

 

MEC: 

Outra maneira de verificar se o curso é de qualidade é olhar a nota dele no MEC. Para ser considerado um bom curso ele deve ter uma nota acima de 3 ( em uma variação de 1 a 5).

 

No site do MEC também é possível saber se o curso é credenciado. Nunca faça um curso que não seja reconhecido pelo MEC, pois o seu diploma não terá validade!

emec.mec.gov.br/ 

 

Lugar: 

 

De maneira geral, faculdades que estão em grandes cidades costumam ser mais vantajosas, pois oferecem mais oportunidades de trabalho e estágio. Mas isso pode não ser tão importante assim.

 

Se o seu objetivo é seguir carreira acadêmica e trabalhar como pesquisador, por exemplo, o lugar pode não ter tanto peso, pois a grande maioria das universidades e faculdades oferecem atividades de caráter acadêmico.

 

Outra maneira bem eficaz de saber sobre a faculdade que pretende cursar é conversar com ex-alunos e visitar a faculdade.

Em universidades públicas é possível assistir algumas aulas, mesmo não fazendo parte do curso, pois se trata de um espaço público.

 

Se conversar com o professor e ele permitir, você poderá assistir as aulas para ter noção de como é o curso.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Atividades Extracurriculares

Além dos pontos tratados acima, é importante verificar o que a faculdade oferece. No site do departamento do curso que te interessar, é possível verificar quais as áreas de pesquisa dos professores que dão aulas na instituição.

Se você se interessa em estudar sobre o Egito Antigo, por exemplo, será mais fácil se houver algum professor que faça pesquisas nessa área, mesma coisa vale para qualquer outro assunto.

Se já tiver um objetivo em mente, pode verificar qual a melhor faculdade baseada neles. Se não sabe muito bem que área seguir, dê preferência a faculdades que tenham várias atividades extracurriculares e opções, para que você possa ir experimentando.

Segue abaixo as principais atividades que são ofertadas aos estudantes durante o período da faculdade, muitas são ofertadas pela própria faculdade e podem ser muito úteis dependendo do seu objetivo.​

Organizações feitas por estudantes

 

Empresas juniores

Empresas juniores são empresas formadas por estudantes. Normalmente essas empresas prestam serviço de consultoria, para isso, possuem a orientação de um professor.  

 

É uma atividade voltada para a área empresarial, e ótima para quem quer trabalhar em grandes empresas, principalmente porque tem a oportunidade de ocupar cargos de gerência, diretoria e presidência, coisa que um aluno de graduação não teria em um emprego ou estágio comum.

 

Participando de uma empresa junior, o aluno vivenciará como é trabalhar em uma empresa, muitas vezes cuidando de tarefas bem empresariais, que podem não ter muito a ver com o curso que faz, como marketing e administração.

 

Para participar é preciso passar pelo processo seletivo deles, que é semelhante ao de uma empresa, composta por testes e entrevistas. O trabalho é voluntário.

 

Não são todas as universidades que possuem empresas juniores, essa informação está disponível no site do departamento do curso da faculdade.

 

AIESEC

 ​

A AIESEC é uma organização estudantil internacional que tem como principal produto o intercâmbio.  

 

Os membros da AIESEC realizam atividades de intermediação entre o intercambista e o local que será feito o intercambio, além de promoverem atividades relacionadas a cultura de determinado país e entre pessoas de países diferentes.

Os membros possuem vantagens para participar de intercâmbios e realizam atividades onde desenvolvem várias competências, como trabalho em equipe e liderança.

 

Se você tem a intenção de trabalhar em uma grande empresa, a AIESEC é uma ótima opção, pois proporciona experiências que são muito valorizadas por essas empresas.

Não há uma AIESEC em todas as faculdades, para saber onde há uma agência entre no site deles  - aiesec.org.br

Centros Acadêmicos 

Os centros acadêmicos representam os estudantes do curso na universidade. 

 

Os membros dos centros acadêmicos realizam atividades de caráter político, costumam promover debates, reuniões, palestras, e discutir mudanças e problemas do curso que afetam os estudantes, como a falta de professores e a grade curricular.

Além do centro acadêmico, há também o diretório dos estudantes, que faz praticamente a mesma coisa, só que representam os estudantes de uma universidade e não somente do curso.

Atlética

 

A Atlética é uma organização estudantil que tem como função a administração, integração e representação dos cursos em jogos universitários, formam equipes e organizam os jogos. ​

 

Atividades acadêmicas 

Projeto de iniciação científica

 

Um projeto de iniciação científica é uma introdução à prática científica, nele passa a conhecer melhor a metodologia e linguagem científica.

 

Nesse projeto é feito um artigo, sobre qualquer tema, com a orientação e supervisão de um professor.  

 

Se tem interesse em conhecer um pouco do processo para fazer uma pesquisa científica ou se pretende seguir carreira acadêmica, o projeto de iniciação científica é a atividade mais recomendada.  

 

É possível desenvolver uma pesquisa sobre o tema que desejar, porém de maneira simples, para isso é preciso que encontre um professor que trabalhe com a área que deseje.

 

Para realizar essa atividade não é necessário um expediente, como em um estágio, o que possibilita que faça outra atividade além dessa.

 

O estudante que realiza iniciação científica pode ser voluntário ou receber uma bolsa.

​​

 

Intercâmbio

 

Fazer intercambio é particularmente interessante para quem tem a intenção de trabalhar em uma grande empresa e vai passar por um grande processo seletivo.  Grandes empresas costumam dar bastante valor para candidatos que tiveram experiências internacionais.

Há diversos tipos de intercâmbio, que você vai para trabalhar, para estudar por um período em uma universidade, para fazer o ensino médio, para fazer um curso de outra língua, trabalho voluntário e até intercâmbio de férias.

As principais maneiras de se fazer intercâmbio, são com uma empresa especializada ou pela faculdade que você cursa (mobilidade acadêmica).

O preço do intercâmbio varia muito, depende do seu objetivo, do lugar e do tempo que irá ficar fora. 

Se você decidir fazer intercâmbio por intermédio de uma empresa, terá mais opções e menos restrições, mas costuma ser mais caro do que fazer mobilidade acadêmica.

Na maioria dos sites das empresas de intercâmbio é possível pedir um orçamento antes de tomar qualquer decisão e saber sobre outras pessoas que já usaram esse serviço. ​

Mobilidade Acadêmica

Mobilidade acadêmica é o intercâmbio por intermédio de uma universidade. O estudante irá estudar em uma universidade em outro país, normalmente por um semestre.

 

A maneira como será o intercâmbio depende muito da universidade que você vai, algumas universidades indicam lugares para morar e prestam assistência, e outras não.

 

É possível conseguir uma bolsa para fazer mobilidade acadêmica, para isso é preciso passar por um processo seletivo. O que conta nesse processo é a quantidade de atividades acadêmicas realizadas.

Sem bolsa o processo seletivo não é necessário.

 

Trabalho Voluntário

 

Trabalho voluntário é uma ótima maneira de adquirir experiência, seja relacionado com seus objetivos profissionais, ou simplesmente ter a oportunidade de se desenvolver como pessoa.

 

Muitas empresas dão valor a quem já fez ou faz trabalho voluntário. Há diversos tipos, que podem ser  presencialmente ou não, e em diversos horários e lugares .

 

www.atados.com.br - O Atados é um site que te ajuda a encontrar trabalho voluntário.

www.ongsbrasil.com.br - Nesse site você pode encontrar informações sobre todas as ongs do Brasil e ver qual está mais perto de você.