Psicólogo Clínico

 

O psicólogo clínico é o profissional especializado em psicologia clínica. 

 

A psicologia clínica se dedica ao estudo de transtornos mentais, do comportamento e dos processos psíquicos, a fim de investigar e intervir em possíveis problemas do paciente. 

 

Seu objetivo é cuidar da saúde psíquica e ajudar as pessoas a entrarem em contato com elas mesmas, para que possam se desenvolver, e melhorar a qualidade de vida.

 

Para realizar esse trabalho, o psicólogo clínico aprende diversas técnicas, para conduzir a terapia da maneira que achar melhor.

 

A psicologia clínica pode tratar de qualquer pessoa, esteja ela passando por problemas ou não. Mas esse serviço, é especialmente importante para pessoas com distúrbios emocionais, como depressão, ansiedade, que passaram por algum trauma, crianças com problemas de comportamento, e outras dificuldades. 

 

Os psicólogos que escolhem essa área podem realizar atendimentos individuais ou em grupos, e são capazes de fazer diagnósticos.

É uma área muito ampla, pode-se trabalhar em clínicas, hospitais  e postos de saúde. 

 

Para seguir carreira na psicologia clínica, é muito importante realizar estágio na área clínica, por isso, se ainda não iniciou a faculdade e puder escolher onde estudar, dê preferência a faculdades que tenha estágio com ênfase em processos clínicos ou em psicologia clínica, e que tenham clínicas ou que prestem algum tipo de serviço clínico dentro da faculdade.

 

Normalmente os estágios em psicologia clínica acontecem por intermédio da faculdade, não é comum a oferta de estágio nessa área, uma exceção é o CAPS.

 

Mercado de Trabalho em Psicologia Clínica

A maioria dos formandos em psicologia decidem ir para a área clínica.O trabalho do psicólogo clínico é demandado em hospitais, postos de saúde, ongs, instituições, e em clínicas particulares. 

Apesar de ser recomendado trabalhar em outras clínicas ou outros lugares primeiro, logo depois de formado você já pode atuar como psicólogo clínico por conta própria e até abrir sua própria clínica.

Mas é importante ter em mente, que ao abrir uma clínica ou simplesmente começar a trabalhar como autônomo, você será empreendedor, além de psicólogo.

 

Portanto, é preciso tratar sua clínica como um empreendimento. Além de se concentrar em fazer um bom trabalho, terá preocupações de um empresário, principalmente no início da carreira.

 

Hoje, no Brasil, a maioria dos psicólogos, e dos profissionais de saúde no geral, estão concentrados nas regiões sul e sudeste, e nas grandes capitais, portanto, se você pretende atuar nessas áreas terá de enfrentar uma grande concorrência.

 

Uma dica para se destacar na concorrência, é fazer uma especialização e ser um especialista em algum assunto. 

 

Em um ambiente onde há tantas opções, um profissional especialista em determinada coisa passa mais credibilidade do que um que atende qualquer pessoa. Mas pode não ter o mesmo efeito em um cidade pequena, por exemplo.

 

Para entrar nesse mercado, é importante ter uma rede de contatos com outros psicólogos e outros profissionais da saúde, e até escolas se for o caso, pois a maioria das pessoas que procuram por um psicólogo, chegam até ele através de indicação. 

 

Além disso, é importante procurar ter bastante visibilidade, conhecimento do mercado, e principalmente fazer um bom trabalho e nunca parar de estudar, pois é isso que realmente faz que você seja recomendado. 

As grandes clínicas, hospitais e até ongs que contratam psicólogos como funcionários, estão concentradas principalmente em grandes cidades.

 

No setor público, o psicólogo pode trabalhar em um posto de saúde ou hospital público, há vagas em qualquer tipo de cidade, para isso é preciso passar por um concurso público. 

 

Os concursos que mais contratam psicólogos clínicos, são os concursos municipais e o PSF.

Veja também o que faz um psicólogo da arte.