Setores

Setor Público

 

O setor público tem como função fornecer bens e serviços para os cidadãos.

 

O profissional que trabalha nesse setor está gerando impacto direto na vida da população.

A carreira no setor público tem muitas vantagens, como estabilidade financeira, uma jornada de trabalho reduzida, licenças remuneradas, abonos, salários iniciais atraentes, entre outros benefícios.

 

Mas, há algumas desvantagens também, com certeza você já ouviu alguém dizer que o setor público não funciona como deveria funcionar.

 

O trabalho pode ser muito burocrático, muitas vezes depende de outras pessoas e de questões políticas, por conta disso, os resultados podem demorar a vir e é muito fácil o funcionário se sentir desestimulado, é preciso paciência e persistência.

 

Concurso público

 

Para seguir carreira pública, os profissionais passam por um concurso público. 

 

Se essa for sua intenção quanto mais cedo começar a se preparar para um concurso mais chances tem de conseguir a vaga.  Para isso é só preciso estudar!

 

Mas nem todos os cargos no setor público são por meio de concurso, há também os cargos de confiança, que são por nomeação, e os cargos políticos.

 

Cargos de gestão, de chefia e de formulação de políticas pedem bons conhecimentos acadêmicos, por isso é comum que as pessoas que almejam esses cargos continuem os estudos além da graduação e se envolvam em atividades acadêmicas.

Setor Privado

A maioria das pessoas acredita que relações internacionais é uma área restrita ao setor público, isso não é verdade, há um grande campo de atuação para os internacionalistas em empresas.

 

Esses profissionais são demandados em grandes empresas, multinacionais, ou que tenham clientes e fornecedores internacionais. 

Conseguir uma vaga em uma grande empresa não é fácil, e normalmente há uma grande concorrência, por isso procure se preparar enquanto ainda está na faculdade, faça estágio em uma empresa e o maior número de atividades extracurriculares que puder.

Em uma empresa, o internacionalista pode desempenhar diversas atividades, que não necessariamente são diretamente ligadas com a área de relações internacionais. 

 

Não é incomum encontrar internacionalistas nos departamentos financeiros e de RH.

 

As principais atividades realizadas por esse profissional em empresas são: 

 

Análise conjuntural: onde é feito uma pesquisa e analisado os aspectos políticos sociais e econômicos de determinados países ou da conjuntura internacional como um todo.

 

Negociações e intermediação de negócios: o internacionalista é encarregado de cuidar de negociações com clientes e fornecedores de outros países. Podem fazer apresentações (da empresa, e do negócio), e muitas vezes desempenham uma função mais ligada a área comercial, como acompanhamento do processo de exportação e importação.

Muitas vezes, para trabalhar em uma multinacional, é preciso passar por um processo de trainee.

 

Área Acadêmica

A área acadêmica é a área que se dedica à pesquisas científicas. A sua função é realizar pesquisas com intuito de resolver problemas, facilitar processos, obter mais informações sobre determinado assunto, contribuir para a melhoria de algo, e passar conhecimento.

 

Quem escolhe essa carreira pode fazer pesquisas na área que desejar.

 

A grande maioria dos pesquisadores trabalham em uma universidade e são professores também, mas isso não acontece necessariamente.

 

Para trabalhar em uma universidade pública é preciso passar por um concurso, ou trabalhar como temporário. Em faculdades particulares o que conta é o currículo acadêmico. 

 

Um pesquisador/professor pode chegar a ganhar altos salários, mas para isso é preciso tempo e dedicação.

 

O início de carreira não paga muito bem, por esse motivo, algumas pessoas possuem emprego em outra área paralelamente.

 

Os resultados também não aparecem rápido, no início as pesquisas serão mais simples e pode ser difícil visualizar resultados práticos nelas. 

 

É muito comum passar mais tempo preocupado com metodologias e busca de dados do que com o assunto da pesquisa.

É preciso tempo e esforço para realizar uma pesquisa que traga grandes resultados, mas quando realizada tem capacidade de gerar um grande impacto na vida das pessoas. 

Se deseja seguir essa carreira, pode ganhar bolsas para se dedicar completamente aos estudos, essas bolsas são de mestrado e doutorado, e são ofertadas pelo CNPq, CAPS ou alguma fundação, como a Fundação Araucária.

Quando ainda estiver na graduação você pode participar de um projeto de iniciação científica, outros projetos de pesquisa e participar de eventos acadêmicos.

A participação nessas atividades contam pontos no seu currículo. É essencial que siga estudando, que faça mestrado,  doutorado, e gostar da vida acadêmica.

 

A área acadêmica é cheia de metodologias e trabalha-se muito com hipóteses e ideias, não é uma área recomendada para quem gosta de resultados rápidos. Mas é um trabalho muito importante. 

Veja algumas áreas que o internacionalista pode fazer pesquisa em áreas de atuação.