Como funciona um processo de Trainee?

Um processo de trainee nada mais é do que um processo seletivo que muitas empresas de grande porte utilizam. É destinado a profissionais recém formados, normalmente que tenham se formado a no máximo 2 anos.

 

Nesse processo são escolhidos jovens que a empresa acredita ter um grande potencial para se desenvolver.

 

Depois de contratados, os jovens passam por um treinamento, e são preparados para assumir um cargo, normalmente um cargo de gestão e liderança, onde terão a oportunidade de crescer  na empresa.

 

Muitos executivos de alto escalão e CEOs de empresas foram trainees um dia.

 

A maneira como acontece o processo de trainee, varia de acordo com a empresa e com o tipo de candidato que a empresa está procurando. Mas no geral acontece da seguinte maneira:

 

Testes feitos pela internet

As etapas online são as primeiras etapas, nelas pode haver testes de raciocínio lógico, de inglês, português, conhecimentos gerais, atualidades, ou alguma outra coisa específica.

 

Esses são testes que você faz no seu computador, na sua casa. São feitas perguntas sobre um tema e você tem um determinado tempo para responder.

 

Dinâmicas de grupo

Os candidatos aprovados nos testes online vão para a fase da dinâmica de grupo. Esta é uma fase presencial, você irá se reunir com outros candidatos, e será realizada uma atividade.

 

Essa atividade pode ser de diversos tipos, pode ser bem divertida, como mímica, pode ser dado um problema para que você ou o seu grupo resolvam, podem  pedir para que você venda um produto e diversas outras situações.

 

O objetivo da dinâmica é que o recrutador avalie características específicas como: boa comunicação, liderança, trabalho em equipe, como você interagiu com seus colegas, se você tomou a iniciativa, se deixou as outras pessoas darem sua opinião, qualquer coisa que os recrutadores acharem que um bom profissional deve ter.

Em toda dinâmica de grupo, o recrutador pede que cada candidato se apresente para ele e para os demais. Ele pode deixar que você fale livremente ou pode te fazer perguntas específicas, como:

 

Fale sobre sua formação? Fale sobre pontos positivos e negativos da sua personalidade? Fale um momento marcante na sua vida? Fale sobre um hobbie seu? 

 

Painel de negócios

O painel de negócios não é muito diferente da dinâmica de grupo. Uma das diferenças é que os principais gestores da empresa estarão presentes.

 

No painel também é feita uma atividade, será dado a você ou ao grupo um case. Case é um problema que está diretamente relacionado com os negócios da empresa em questão, você deverá propor uma solução para esse problema. 

 

Depois de proposta a solução e apresentada, você será confrontado pelos gestores da empresa, e eles apontarão seus acertos e suas falhas.

 

Será analisada a sua capacidade de resolver problemas, trabalho em equipe, capacidade de síntese, como lida com tempo, e qualquer outra característica que acharem pertinente.

 

Algumas empresas podem escolher cases impossíveis de resolver, só para ver como será sua reação diante de uma situação dessas. 

 

Também pode acontecer de alguns recrutadores pegarem pesado nas críticas de propósito para analisar sua reação, mas isso é raro.

 

Entrevista 

A entrevista costuma ser a última parte do processo seletivo. Pode ser que o candidato passe por mais de uma entrevista, sendo uma com o recrutador e outra com os diretores  da empresa.

 

Na entrevista podem ser feitas as mais diversas perguntas, como: quais são seus defeitos e qualidades? Quais são seus objetivos profissionais? Como você se enxerga no futuro? Porque você quer trabalhar nessa empresa? Podem perguntar sobre a sua família e seus hobbies, e como você reagiria em determinada situação. 

 

 

No processo de trainee as empresas não costumam exigir experiência  de trabalho anterior, mas dão muito valor quando o candidato fez atividades extracurriculares, se envolveu em projetos, trabalho voluntário e coisas do tipo.

 

Portanto, se você tem a intenção de participar de um trainee e ainda está na faculdade, procure fazer o máximo de atividades extracurriculares que puder. Nesta hora pense no objetivo das atividades que está fazendo e na experiência que elas proporcionam.

 

Você está liderando uma equipe? Você esta lidando com pessoas muito diferentes de você? É uma atividade que você teve a iniciativa de fazer?

 

Se você já souber o seu objetivo, se souber em que tipo de empresa e qual área quer trabalhar é mais fácil.

 

Se quiser trabalhar em uma empresa de consultoria, por exemplo, é muito interessante que participe de uma empresa junior. Se você for trabalhar na área internacional de uma empresa, é interessante que você faça intercâmbio etc.

 

Infelizmente, não é todo mundo que tem condições e tempo para se dedicar tanto a sua formação, mas é importante que você verifique quais são suas possibilidades. 

 

É comum achar que fazer atividades como intercâmbio e deixar de trabalhar para fazer parte de um projeto, está além das suas possibilidades, mas nem sempre isso é verdade.

 

De qualquer maneira essas atividades não são obrigatórias, e podem não ser muito importantes em alguns casos.

 

Como foi dito, os tipos de processos de trainee variam dependendo das empresas, algumas empresas dão muito valor as atividades realizadas ao longo da faculdade e ao seu currículo, outras não.

 

Algumas empresas fazem triagem de currículos logo no inicio do processo seletivo, outras não dão muita importância para o seu currículo e são mais focados na sua performance, nos testes, na dinâmica e na entrevista.

 

Algumas nem examinam currículo e nem fazem testes, elas dão um problema para resolver, ou criar alguma coisa, depende do objetivo da empresa e do perfil que estão procurando.

 

No geral o que pesa mais no processo de trainee é o seu comportamento e desempenho.

Os sites abaixo falam de empresas que estão com processos de trainee em aberto, e outros assuntos relacionados com trainee:

vidadetrainee.com

mytrainee.com.br